terça-feira, 27 de Maio de 2014

|

Como sabem sou um amante da Marca Laranja e para os amantes da KTM deixo aqui um video de uma tour à KTM factory headquartes em Mattighofen

Geral


Motor LC8


 RC8 R



quinta-feira, 22 de Maio de 2014

|

Boas tardes a todos.

                 Não tenho escrito muito porque ultimamente efetivamente viajar tem sido um verbo expressado em Pretérito perfeito.

                  No entanto encontrei no bau umas fotos giras para quem gosta da KTM Adventure LC8 950/990 em versão SM ou Supermoto, já que não é uma alteração muito comum de ser vista.






Depois continuei a rebuscar no arquivo e quando não é que encontro esta perola
























E mais esta que não chegou a ser publicada por se achar que incentivava a condução perigosa (não sei porque)


enfim, que os meus filhos não vejam estas coisas

sábado, 23 de Outubro de 2010

Tesourinhos deprimentes

|

Bem passo o plágio mas foi o melhor titulo que me ocorreu quando encontrei estes filmes das minhas parvoeiras :p





http://www.youtube.com/watch?v=pE60G5biQ10&feature=related

quarta-feira, 12 de Maio de 2010

A Viagem

|

Ora então aqui fica um report um pouco mais detalhado.
De Lisboa até Alcácer foi rolante nas calmas por estrada. O inicio do track começava em Alcácer. Chegados lá eram horas de abastecer a barriguinha e logo fomos comer uma sandocha para ganhar energias para o que viria a seguir.
Aqui ainda estavam as meninas imaculadas.
Imagem
Entrámos então por esse Alentejo e com as imagens que já lhe são características
Imagem
Muitas cancelas, mas neste percurso de track, estavam todas disponíveis para abrir. Claro que deixávamos sempre como as encontrávamos
Imagem
Este rio era suposto estar mais baixo mas como este ano choveu bem, estava um pouco acima da média.
Imagem
Ainda assim decidimos passar. Conseguimos mas deixamos tombar as motas precisamente no mesmo sitio e mergulhamos literalmente as malas esquerdas dentro de água.
O resultado foi este:
Imagem
A tirar a água da mala com uma seringa
Imagem
Achei piada a esta.....
Imagem

Um furo.
Imagem
Quando estávamos a mudar o furo, aparecem umas motos e uns quads, que logo pararam para saber se precisávamos de ajuda. Respondemos que não e que estava tudo bem. Mal sabíamos que mais tarde, um dos condutores de um quad era o Dono de uma loja e oficina de motos que me viria a desenrascar um problema.
Aqui uma queda que iria fazer com que os "primeiros" suportes das malas partissem pela zona das soldaduras. Ficaram um nadinha tortas....
Imagem
Lá fomos até à povoação mais próxima e com a ajuda de um Sr.. bem porreiro, que tinha uma "oficina" em casa ficou tudo 5 estrelas.
Imagem
Como já estava no final da tarde, decidimos ficar por ali mesmo. Perguntámos ao "nosso" serralheiro de serviço onde podíamos montar a tenda, ao que nos respondeu...Epá é só escolherem, estejam à vontade! E por ali ficámos ainda a tempo de ir ver mais uma goleada do Benfica.
Imagem
De manhã ainda resultante do dia anterior queríamos secar um pouco as botas....
E com as motas a trabalhar...até que resulta.
Imagem
Já mais a sul andamos pela serra mesmo junto a Lagos e temos zonas lindíssimas e com paisagens de ficar com água na boca.

Como estas por exemplo:
Imagem
Imagem
Imagem
De repente eis que encontramos estas amigas que teimaram em não se mexer, ao que tivemos que fazer um off, off road. :D
Imagem
O Alentejo é lindo e adoro o seu tipo de terreno.
Imagem

Depois de rolar-mos um bom bocado o meu primeiro azar. O rolamento da roda de trás desfez-se completamente. Chamado o reboque lá fomos a tal oficina do amigo que tínhamos visto num dos Quais.
Ele foi 10 estrelas e só com a sua ajuda conseguimos continuar.
Imagem
Imagem
Depois da reparação que deu para meia tarde decidimos rolar e decidimos que iríamos ficar junto a uma barragem. Ia-mos sendo comidos com tantas melgas existentes.
Mas a paisagem era fantástica.
Imagem
Imagem
Imagem
No dia seguinte retomamos caminho e de vez em quando tínhamos que voltar para trás, pois aqui não tínhamos track. Apenas google maps.
Imagem
Já mais a centro antes um pouco de Montargil e já depois de ter-mos rolado um bom bocado por estradões, apanhamos um percurso fantástico, com muitas curvas, slides, terra, alguma areia, saltos etc...foi uma curtição total. Só não deu para o fazer na totalidade...desta vez.
Resultado no final :
Imagem
Imagem
Imagem

Nota Negativa para os suportes SW-Motech que partiram nas duas KTM’s, se não são  “Ready to Race” não deveriam ser vendidos para as KTM’s

Quando já pensávamos que tínhamos tido de tudo...e já, eis que mais um atascanso, mas este dos complicados. Impressionante, como uma areia com uma simples aguinha por cima, faria um estrago deste tamanho. Eram autenticas areias movediças, faziam vácuo, e nunca mais conseguimos tirar de lá a mota ora veja o que foi necessário:
Depois de cerca de uma hora vimos q precisávamos de ajuda. Assim o Nergal, ficou junto da mota e eu fui buscar ajuda...
Imagem
Imagem
ImagemE depois da ajuda e de duas cintas partidas lá conseguimos sair e fomos pagar umas cervejas ao pessoal que nos ajudou, e assim passamos um bom bocado da tarde.
Este tempo fez com que chegássemos ao Zêzere no final do dia, o que por sinal se veio a mostrar fantástico.
Ora vejam.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
O que fez com que montássemos a barraca junto do rio no meio do nada já de noite.
De manhã era este o aspecto.
Imagem
Imagem
Continuámos com paisagens magnificas no meio das serras e um pouco antes de chegar à Sertã, apanhámos mais um rio. Eu nem estava com muita vontade de molhar os pés, e o Nergal fez-se ao lance. Mas no meio deu uma valente escorregadela e mergulhou literalmente...foi uma risada!!!!
Imagem
Imagem

Mesmo com pouca vontade, lá me decidi a ir na frente e toca de atravessar isto. Resultado, a minha mota isolou uma vela e ficou a trabalhar apenas a um cilindro, depois foi abaixo e já não pegou mais. Foi até a bateria dar as ultimas. Estranhei pois já tínhamos passado um rio e não se tinha passado nada. Este era mais fundo mas talvez um cachimbo mal colocado...não era normal. Tirámos a mota de lá de dentro para trás pois ainda tinha percorrido poucos metros e comecei a desmontar a protecção do cárter para chegar à bateria. Quase já no fim do processo, eu tirei a protecção e o Nergal também, e pensei..." Ah deixa cá experimentar a ver se pega....e não é que pegou logo à primeira e com os dois cilindros a funcionar?..."
Decidimos não arriscar novamente pois só dois a puxar a mota tornava a coisa arriscada até porque o rio tinha muita pedra e a corrente era bem forte. Para ter a mota direita tinha que a inclinar para o lado direito, senão não se aguentava.
Já depois da Sertã era serra e mais serra, subidas com muita pedra, descidas bem íngremes, mas rolante o suficiente, para ir até Aguda onde íamos terminar no aniversário KTM.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

O nosso cansaço era já visível e as dores iam acumulando no corpinho. Ainda assim na sexta feira ainda fizemos parte do Reconhecimento do trajecto para as trais mas um furo impediu de fazer a totalidade. No Sábado foi o passeio e por volta das 19 Horas ainda me meti na AE para chegar a Lisboa.


Algumas fotos do Evento do Clube KTM

 

Foto do Bilhas quando teve de ser retirado com cinta depois de ter mergulhado numa ribanceira

Um verdadeiro desafio,

O Nergal mandou um espalho nela só foi pena não ter sido filmado

Caravana de apoio e malta do passeio de estrada a fotografar o pessoal do mato

Briefing

Esq para Dir, Paulo Silva Presidente Soc Com Vouga Importador KTM, Miguel Silva Administrador Clube KTM Portugal, Jesus Nunes Fundador Clube KTM Portugal

Numero de Visitas

 
www.moto-retail.pt